Como acompanhar o mercado de Gestão e Marketing Esportivo e de eSports?


De tempos em tempos as pesssoas nos perguntam quem seguimos nas redes sociais, ou como fazemos para nos manter atualizados sobre o mercado de esportes. Mais recentemente nos perguntaram também sobre o mercado de eSports: quem são as referências? Quais portais valem a pena acompanhar e quem são as pessoas que realmente sabem o que estão fazendo nesses mercados.

Com tanto ruído na comunicação digital, filtrar as informações importantes sobre qualquer indústria se tornou um trabalho árduo e desgastante. Não é diferente na gestão e no marketing esportivo: informações limitadas, notícias repetidas – e nem sempre fundamentadas – e análises que giram sobre o mesmo raciocínio são regularidades que temos que enfrentar diariamente, mesmo na mídia chamada especializada.

Resta a nós, profissionais, exercitar o senso crítico e buscar fontes de informação que sejam complementares e que realmente agreguem valor ao nosso dia-a-dia.

Aqui no Gestão Esporte Clube costumamos realizar, pelo menos uma vez por ano, um exercício de avaliação das fontes e ferramentas que usamos para acompanhar o mercado de esportes, eSports e as indústrias relacionadas. Ano passado focamos em algumas fontes e dicas. Hoje, vamos um pouco além detalhando nossas ferramentas, nosso cuidado com a informação e citando algumas fontes que vamos continuar acompanhando em 2018!

Nossa intenção é te inspirar a fazer uma avaliação de como você se atualiza e quem sabe, te ajudar a otimizar o seu tempo e dinheiro. Vamos com a gente?

As ferramentas que nós usamos

  1. Nossa principal ferramenta é o Feedly. Um agregador de Filtros RSS que possibilita o acompanhamento de todo e qualquer site que tenha RSS. Por ele acompanhamos grandes portais de notícias esportivas, da área de tecnologia e de marketing. Por exemplos, portais brasileiros como Futebol MKT e Esporte Alternativo possuem essa opção, o que facilita muito o acompanhamento das publicações deles.
  2. Em seguida temos uma lista de Newsletters assinadas e que complementam as fontes do RSS. Recentemente alguns portais tem melhorado muito a entrega por e-mail, o que é bastante animador. Nessa lista temos Máquina do Esporte, Propmark e alguns portais internacionais como o GamesIndustry.biz, Business InsiderSportTechie e The Next Level.
  3. Em terceiro usamos o Google Alerts com algumas palavras chaves importantes principalmente sobre Marcas relevantes ao mercado e sobre agentes esportivos que realmente fazem a diferença, como a Premier League e o Comitê Olímpico Internacional.
  4. Por último – e perdendo relevância –  usamos o Tweetdeck para acompanhar listas pré-formatadas sobre mercado, marketing, clubes e outras.

Todas as ferramentas são gratuitas, exigindo apenas algum tempo de estudo para realizar uma boa configuração. Não usamos as outras redes sociais ativamente, mas claro que algumas novidades nós capturamos por lá.

O cuidado com a informação

De modo geral, raras são as matérias que trazem a verdadeira fonte da informação e o autor. Portanto, em nosso processo de análise, todos as matérias de alta relevância são investigadas para determinar a verdadeira fonte e qual o contexto da publicação. Isso faz com que seja possível rastrear os motivos e a origem da notícia e nos permite ir além em nossas análises, podendo inferir sobre dados que geralmente não são publicados, como valores de acordo de patrocínio, duração dos contratos e outros.

Em nossa investigação diária buscamos informações sobre patrocínios, parcerias, tendências, novidades tecnológicas, novidades estratégicas, melhores práticas de gestão, resultados financeiros e algumas outras informações.

As fontes que valorizamos

A lista mudou muito do ano passado para cá. Algumas fontes que eram relevantes caíram em nosso conceito enquanto outras surgiram como mais importantes para o nosso trabalho. Como critérios, avaliamos a qualidade e pertinência dos artigos e a transparência no uso de dados e informações de outras fontes. O grau de profundidade dos artigos também é levado em consideração.

Abaixo apresentamos as fontes que temos valorizado recentemente. Não é exaustiva, mas uma boa sugestão para quem está estruturando sua forma de acompanhamento do mercado.

Mídia especializada:

Sobre Games/eSports:

Grandes Portais:

A lista completa é bem extensiva e conta com blogueiros, veículos pequenos, centros de estudos e institutos, patrocinadores ativos e todos os atores esportivos (clubes, federações…). Além de informação de mercado, acompanhamos fontes sobre Gestão de Projetos, Business Analysis, Governança Esportiva e outras pautas importantes para carreira e desenvolvimento profissional.

Esperamos que essa lista te motive a buscar mais fontes relevantes sobre o mercado. Deixe sugestões nos comentários!

Comente!

Daniel Maurin

Sobre Daniel Maurin

Daniel é Analista de Negócios e pesquisador da área de Gestão Esportiva e do Entretenimento . Acompanha principalmente as tendências de mercado e novos negócios incluindo os eSports, o movimento das marcas e o impacto tecnológico no esporte. No tempo livre gosta de gastar tempo descobrindo novos Games e novos Seriados.