4 Pontos a considerar na comunicação nos eSports


O mercado de eSports tem-se consolidado como veículo de comunicação para marcas endêmicas, como empresas de videogame, tecnologia e periféricos. Elas foram as primeiras a entrar no cenário com patrocínios e publicidade direcionada ao consumidor de eSports.

Hoje, com o forte otimismo da indústria e a consequente entrada das marcas não endêmicas no segmento, o investimento em publicidade tem registrado níveis recordes, o que tem pressionado as marcas a investir mais para permanecer relevante.

Além da concorrência, a inexperiência com publicidade em eSports tem sido o desafio a ser superado por algumas das marcas desbravadoras. Fato é que algumas características específicas deste mercado precisam ser levadas em consideração na estratégia de comunicação e conhecê-las é fundamental para o sucesso.

Hoje, o Gestão Esporte Clube traz 4 pontos a serem consideradas na elaboração e execução da estratégia de comunicação em eSports.

1/Audiências muito segmentadas

Cada jogo e plataforma tem uma comunidade específica, com um perfil definido. Apesar de compartilharem de demografia semelhante, há diferença entre os jogadores/espectadores de RainbowSix para Xbox e os de Counter-Strike para PC, por exemplo, o que pode fazer com que a mesma campanha tenha impactos opostos nos públicos.

O generalismo tem sido a saída de algumas marcas como a AOC (monitores PC) em sua campanha “Eu sou Gamer”. Lançada em 2016 a web-série traz a visão de diferentes personalidades nos eSports, sua rotina e desafios profissionais.

2/Nos eSports: Alguns jogam e outros assistem

Recentemente uma pesquisa da Newzoo evidenciou que 42% dos espectadores de eSports não jogam os jogos que assistem. Esse volume impressiona, pois, demonstra uma importante diferença de perfil dos consumidores de eSports. Dentro desse conjunto de espectadores que não jogam encontra-se aquele grupo que não acompanha/torce para clubes e atletas profissionais, apenas curtem a dinâmica do jogo e apreciam um bom desenvolvimento.

Streamers e influenciadores digitais podem ter maior relevância para este grupo (dos 42%) e por isso podem ser uma solução mais atrativa e barata para marcas querendo explorar melhor este mercado.

Já falamos da relevância do Streaming para o desenvolvimento dos eSports. Você pode ler mais aqui.

Bud Light nos eSports

3/Contextualização da publicidade

No universo digital, propagandas aleatórias são amplamente rejeitadas pelo público. Essa constatação é tão séria que a própria indústria tem buscado soluções de personalização da publicidade digital há alguns anos.

Essa lógica é a mesma para os eSports, quanto menor a relação entre produto e veículo, menor é a chance de sucesso da estratégia publicitária da marca. Se o produto não dialoga com o veículo (ou se esse diálogo não for construído na publicidade) as chances do público se frustrar são grandes.

4/Espaços publicitários extremamente limitados

Partidas oficiais de alguns jogos podem ter até 5 horas de duração dependendo do valor da partida (finais de temporada). Mesmo com longa duração, a oferta de espaços publicitários é muito pequena e geralmente não há grandes ofertas por parte dos organizadores dos campeonatos.

A alternativa é explorar os veículos digitais da propriedade patrocinada (clube/atleta) e os próprios canais da marca. Essa escassez de espaços publicitário tem provocado as marcas interessadas a pensarem em estratégias muito mais abrangentes e pulverizadas, uma vez que capturar o momento ideal, durante a partida oficial, é extremamente difícil.

Espaço para criatividade

Comunicar nos eSports é um desafio interessante para marcas que podem dispender tempo e dinheiro em veículos novos e promissores. Na atual conjuntura não há espaço para aventureiros e muito menos para campanhas pré-formatadas no modelo TV. O público-alvo, nativo digital, anseia pela criatividade das marcas, pelo reconhecimento e respeito de peças publicitárias que façam sentido e estejam de acordo com as expectativas do fã.

O terreno é fértil para inovadores. A acompanhar.

Não se esqueça de assinar o Gestão Esporte Clube para receber as novidades do site diretamente no seu e-mail. Siga-me no Twitter para novidades em tempo real!

Créd. Img Destaque

Comente!